Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Ataque à Síria com Tu-160 serviu de recado para o Ocidente também (vídeos)

Bombardeiros Tu-160 contornaram a Europa Ocidental antes do ataque à Síria



Poder Aéreo

Na madrugada do dia 19 para 20 de novembro a Força Aérea da Rússia realizou uma missão de ataque longo alcance contra alvos do Estado Islâmico na Síria.

rota dos Tu-160

Dois bombardeiros estratégicos Tu-160 Blackjack partiram da Base Aérea de Olenegorsk, na Península de Kola, por volta das 21:00h, horário local.

Ao invés de seguirem pela rota tradicional, através o Mar Cáspio e do Irã, os aviões contornaram a Europa Ocidental passando próximo ao espaço aéreo da Noruega e do Reino Unido. Seguiram sobre o Oceano Atlântico até Gibraltar e entraram no mar Mediterrâneo rumo leste até a Síria.




Durante a primeira parte do trajeto de 13.000 km os bombardeiros estratégicos russos permaneceram no espaço aéreo internacional e foram interceptados e visualmente identificados por caças Typhoon da RAF baseados em Lossiemouth.

Próximo à Síria os bombardeiros foram escoltados por caças Su-30 conforme as imagens do vídeo abaixo.



Postar um comentário