Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Chefe da OTAN pede cautela após Turquia abater caça russo

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, pediu calma e encorajou conversas diplomáticas entre Rússia e Turquia após a Força Aérea turca derrubar um caça russo Su-24 nesta terça-feira.


Sputnik

Com as tensões em alta após o incidente em que um caça russo foi derrubado pela Força Aérea turca, o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, pediu que todas as partes envolvidas no conflito mantenham calma.


Jens Stoltenberg

"O que estamos pedindo agora é calma. Calma e diplomacia são importantes para resolver esta questão", afirmou em entrevista coletiva em Bruxelas.

Stoltenberg também pediu conversas entre Moscou e Ancara para solucionar a situação. O secretário quer que a comunidade internacional "evite acidentes que saiam de controle."

Os presidentes de Estados Unidos e França adotaram discursos diferentes.

"É muito importante neste momento assegurar que Rússia e Turquia estejam conversando para descobrir exatamente o que aconteceu e tomar medidas para desencorajar qualquer tipo de escalada de tensão", disse Barack Obama.

Stoltenberg, contudo, insiste em afirmar que a OTAN apoia a Turquia e rejeita qualquer hipótese de que o incidente tenha ocorrido além das fronteiras turcas.

"Este evento vai além da luta contra o terrorismo… A perda de hoje é relacionada a uma punhalada nas costas, executada contra nós por cúmplices de terroristas", afirmou o presidente russo, Vladimir Putin.

A Rússia afirma que seus caças jamais entraram no espaço aéreo turco — fato confirmado pelo comando de defesa aérea da Síria — e conduziam operações legítimas na Síria, onde Moscou vem realizando ataques aéreos contra o Estado Islâmico.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas