Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Exército sírio retoma cidades após ataques aéreos russos

Informações são do Observatório Sírio para Direitos Humanos.
Mheen e Hawwarin foram recuperadas pelo governo.


Reuters

O Exército sírio e milícias aliadas, apoiados por bombardeios russos, tomaram controle de duas cidades na Síria após confrontos intensos com militantes do Estado Islâmico, informou nesta segunda-feira (23) o grupo de monitoramento Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Governo russo divulgou nesta segunda-feira (23) imagens de um ataque contra a Síria (Foto: Russian Defense Ministry Press Service/ AP)
Governo russo divulgou nesta segunda-feira (23) imagens de um ataque contra a Síria (Foto: Russian Defense Ministry Press Service/ AP)

A mídia estatal síria também relatou que o Exército e uma força local tomaram controle de Mheen e Hawwarin, a sudeste da cidade de Homs, e mataram um grande número de militantes do Estado Islâmico.

As duas cidades ficam a leste da rodovia que liga as grandes cidades da Síria e são cruciais para o controle do território ocidental do país. Também há rodovias próximas que ligam a cidade de Palmira, tomada pelo Estado Islâmico, às cidades ocidentais.

O Observatório, que monitora o conflito na Síria usando fontes, informou que aeronaves sírias e russas realizaram dezenas de ataques em áreas próximas a Mheen e Hawwarin.

A Rússia, principal país aliado do presidente Bashar Al-Assad, iniciou a realização de ataques aéreos na Síria há quase dois meses, em apoio ao Exército sírio e forças aliadas.

O Ocidente acusou Moscou de ter como principais alvos rebeldes não-pertencentes ao Estado Islâmico durante a campanha que teve início em 30 de setembro. Na semana passada, aeronaves russas e sírias bombardearam áreas tomadas pelo Estado Islâmico na Síria.


Postar um comentário