Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Exército sírio retoma cidades após ataques aéreos russos

Informações são do Observatório Sírio para Direitos Humanos.
Mheen e Hawwarin foram recuperadas pelo governo.


Reuters

O Exército sírio e milícias aliadas, apoiados por bombardeios russos, tomaram controle de duas cidades na Síria após confrontos intensos com militantes do Estado Islâmico, informou nesta segunda-feira (23) o grupo de monitoramento Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Governo russo divulgou nesta segunda-feira (23) imagens de um ataque contra a Síria (Foto: Russian Defense Ministry Press Service/ AP)
Governo russo divulgou nesta segunda-feira (23) imagens de um ataque contra a Síria (Foto: Russian Defense Ministry Press Service/ AP)

A mídia estatal síria também relatou que o Exército e uma força local tomaram controle de Mheen e Hawwarin, a sudeste da cidade de Homs, e mataram um grande número de militantes do Estado Islâmico.

As duas cidades ficam a leste da rodovia que liga as grandes cidades da Síria e são cruciais para o controle do território ocidental do país. Também há rodovias próximas que ligam a cidade de Palmira, tomada pelo Estado Islâmico, às cidades ocidentais.

O Observatório, que monitora o conflito na Síria usando fontes, informou que aeronaves sírias e russas realizaram dezenas de ataques em áreas próximas a Mheen e Hawwarin.

A Rússia, principal país aliado do presidente Bashar Al-Assad, iniciou a realização de ataques aéreos na Síria há quase dois meses, em apoio ao Exército sírio e forças aliadas.

O Ocidente acusou Moscou de ter como principais alvos rebeldes não-pertencentes ao Estado Islâmico durante a campanha que teve início em 30 de setembro. Na semana passada, aeronaves russas e sírias bombardearam áreas tomadas pelo Estado Islâmico na Síria.


Postar um comentário