Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Exército sírio se aproxima de Aleppo

O exército sírio recuperou o controle do território capturado pelo Estado Islâmico no leste de Aleppo, incluindo um trecho da rodovia que leva a Raqqa, principal reduto dos jihadistas, informou o canal televisivo estatal sírio neste sábado (28).


Sputnik

As áreas recuperadas no âmbito do avanço do exército sírio sobre as posições dos terroristas, com apoio de aviões russos, ficam a leste da base aérea de Kweires, ocupada pelo Estado Islâmico no início deste mês.


Exército sírio nos arredores de Damasco
© Sputnik/ Andrei Stenin

No início de novembro, o exército sírio rompeu o cerco da base de Kweiris. A base tinha estado cercada pelo Estado Islâmico por dois anos até que as forças do governo sírio, com apoio aéreo russo, avançaram para a área e a libertaram dos jihadistas, deixando um grande número deles mortos e feridos.

De acordo com uma informação da televisão estatal, o exército recuperou o controlo de duas aldeias e grandes áreas de terras agrícolas, bem como de túneis e fortificações construídas pelos jihadistas.

As aldeias estão localizadas a cerca de 60 quilômetros a leste de Aleppo.

O governo sírio e seus aliados também obtiveram ganhos no sudeste de Homs.


Postar um comentário