Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Mísseis de cruzeiro russos atingem fábrica de explosivos em Idlib

Os aviões Tu-95MS da Força Aeroespacial da Rússia lançaram mísseis de cruzeiro contra armazéns de armas, fábrica de explosivos, um ponto de comando e o estado-maior do Estado Islâmico em Idlib.


Sputnik

Aeronaves da Aviação de Largo Alcance russo foram usadas na Síria na semana em curso e o resultado desta novidade é já visível.


Tupolev Tu-95

Em entrevista coletiva desta quinta-feira (19), o exército russo comentou os êxitos da campanha aérea russa na Síria.

Segundo o chefe do Diretorado Operacional Principal do Estado-Maior Geral das Forças Armadas da Federação da Rússia, Andrei Kartapolov, um total de 12 mísseis de cruzeiro foi lançado hoje.

Já na quarta-feira (18), 16 mísseis de cruzeiro lançados pela aviação russa atingiram sete objetos importantes do grupo terrorista.

Já o total de voos planejados nesta quinta é 98. O número dos voos realizados é 60. 190 instalações do Estado Islâmico foram atingidas.

"A Força Aeroespacial da Rússia continua assestando golpes aéreos maciços contra posições de terroristas conforme o plano da operação aérea", disse Kartapolov.

Em dois dias, 126 voos de combate foram realizados pelos aviões russos que decolam da base aérea de Hmeymim, na província de Lataquia.

Além de Idlib, alvos dos terroristas foram atingidos nas províncias de Raqqa e Deir ez-Zor.

Campanha

A Rússia enviou a sua aviação à Síria em 30 de setembro, após pedido correspondente de Damasco.


Postar um comentário