Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

Países do Sudeste Asiático mostram interesse em míssil russo-indiano BrahMos

Uma fonte da BrahMos Aerospace, um empreendimento militar conjunto russo-indiano, contou à RIA Novoti, nesta quarta-feira (4), durante a Defense & Security Expo, em Bangcoc, que muitos países do sudeste asiático, incluindo Tailândia, Vietnã e Indonésia, mostraram interesse em comprar os mísseis supersônicos de cruzeiro BrahMos.


Sputnik

“O sudeste da Ásia é um mercado promissor para nós. Durante esta exposição, nós fomos visitados por vários altos funcionários do Ministério da Defesa de Tailândia, Malásia, Indonésia, Vietnã e Filipinas. Nós ainda não tivemos conversações oficiais, mas existe uma alta probabilidade de que eles se tornem nossos clientes no futuro”, disse a fonte da BrahMos Aerospace.





A corporação russo-indiana é formada pela India’s Defense Research and Development Organization e pela NPO Mashinostroyenia da Rússia. O empreendimento produz sistemas de armas usando tecnologia dos dois países.

O BrahMos, uma palavra que combina Brahmaputra e Moscou, é um míssil supersônico de curto alcance usado pela Marinha indiana desde 2005. O foguete tem um alcance de 180 milhas e pode transportar uma ogiva convencional de até 660 libras.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas