Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Pentágono: EUA prontos para nova tática contra o Estado Islâmico

Os Estados Unidos estão prontos para adotar uma nova tática na luta contra o Estado Islâmico, anunciou nesta quinta-feira o secretário de Defesa do país, Ashton Carter.


Sputnik

"Estamos preparados para mudar o nosso envolvimento. O presidente (Barack Obama) indicou que está preparado para fazer mais, inclusive no solo", disse Carter à MSNBC, sugerindo uma presença terrestre mais efetiva na Síria e no Iraque.


Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA
© Sputnik/ David B. Gleason

Uma coalizão internacional formada por mais de 60 países vem realizando ataques aéreos contra posições do Estado islâmico no Iraque e na Síria desde 2014. A operação na Síria acontece sem aprovação da ONU ou do governo do país.

Na última segunda-feira, no entanto, Obama descartou a presença de mais tropas terrestres na Síria. O presidente americano argumentou que uma intervenção americana traria apenas resultados temporários.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas