Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Rússia inicia entrega de sistemas antimísseis S-300 ao Irã

A Rússia começou a enviar os sistemas antiaéreos S-300 ao Irã, assegurou o embaixador iraniano em Moscou, Mahdi Sanai.


Sputnik

Anteriormente, o ministro da Defesa do Irã, Hossein Dehghan, apontou que seu país esperava receber os sistemas antes do fim de 2015.


Sistema de mísseis antiaéreos S-300
Sistema antimísseis S-300 © Sputnik/ Igor Zarembo

O presidente russo, Vladimir Putin, está neste momento em Teerã, onde acompanha o Fórum de países Exportadores de Gás.

A venda ao Irã de cinco divisões de sistemas S-300, que incluem 40 lançadores, foi acordada em 2007. O cumprimento do contrato, no entanto, foi suspenso após o Conselho de Segurança da ONU aprovar a resolução 129, que aplicava sanções contra o Irã.

Teerã respondeu com uma ação judicial contra a Rússia na Corte Internacional de Arbitragem, já que as sanções da ONU não se aplicavam necessariamente à venda dos sistemas antimísseis.

Após o fim das negociações sobre o programa nuclear iraniano com o grupo P5+1, Rússia e Irã iniciaram conversas para finalizar a entrega dos sistemas antimísseis e entraram em acordo. Atualmente, as partes ainda negociam para que o Irã retire a ação judicial contra a Rússia.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas