Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Rússia pode usar meios de guerra eletrônica na Síria

A Rússia pode começar a usar meios de guerra eletrônica no espaço aéreo sírio para proteger os seus pilotos, disse general Yevgeny Buzhinsky.


Sputnik

A Rússia será obrigada a usar na Síria meios de combate radioeletrônico e usar aviões de missões especiais para prevenir incidentes parecidos com o que aconteceu na fronteira entre a Síria e a Turquia e assegurar voos seguros dos bombardeiros russos, disse o general Yevgeny Buzhinsky, ex-oficial do Ministério da Defesa russo.


Apresentação de sistema de neutralização radioelectrônica Leyer 2
Sistema de Neutralização Eletrônica Leyer 2 © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

“Quanto às consequências que este incidente terá para o decorrer da operação [russa] no futuro, penso que os nossos pilotos prestarão mais atenção e, se os turcos continuarem comportar-se do mesmo modo, a Rússia será obrigada a usar meios de neutralização radioeletrônica e guerra eletrônica, bem como usar aviões de missões especiais para proteger os nossos pilotos contra disparos de mísseis”, afirmou o general.

Buzhinsky acrescentou que os meios de controle permitem determinar como e onde foi abatido o bombardeiro russo, excluindo divergências em relação a esta questão.


Postar um comentário