Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Troféus de guerra: tecnologias militares desviadas nos últimos 20 anos

A espionagem na indústria militar é uma das formas mais eficazes de obter a tecnologia que não se possui. Na guerra invisível conduzida pelos serviços secretos todos os meios são usados.
Sputnik

A Sputnik conta sobre as tecnologias das quais, em vários momentos, os governos conseguiram se apropriar. 

Drone desaparecido

Em 4 de dezembro de 2011, o mais novo drone stealth norte-americano RQ-170 Sentinel desapareceu no oeste do Afeganistão. Segundo o Pentágono, alguém "cortou" o canal de comunicação entre o drone e o operador. Cinco dias depois, um veículo aéreo não tripulado com características de design semelhantes foi apresentado na televisão iraniana. Ainda não se sabe exatamente como o controle do drone foi interceptado. Especialistas acreditam que isso não poderia ter acontecido sem um moderno sistema de guerra eletrônica entregue ao Irã pela Rússia ou China. Não há informações oficiais sobre esse assunto.

O ex-presidente dos EUA, Barack Obama, apelou às autoridades da Repúbl…

'Turquia cometeu ato de guerra', diz especialista em leis internacionais

Segundo leis internacionais, derrubar um caça russo em espaço aéreo sírio é um ato de guerra por parte da Turquia, disse à Sputnik o especialista jurídico Alexander Mercouris.


Sputnik

Derrubar o caça russo Su-24 no espaço aéreo sírio foi um ato agressivo que constitui ato de guerra sob leis internacionais, afirmou à Radio Sputnik o especialista jurídico Alexander Mercouris.




"Se a aeronave estava em espaço aéreo sírio, então em termos legais internacionais, trata-se de um ato de guerra porque a Turquia invadiu o espaço aéreo sírio e derrubou uma aeronave dentro da Síria e que operava com permissão do governo sírio", declarou Mercouris.

As ações da Turquia, convocando o embaixador russo e iniciando uma reunião na OTAN em vez de contactar Moscou, são parte da estratégia do governo para reforçar sua posição, com a ciência de que o avião foi abatido em espaço aéreo sírio e não turco, como alegam as autoridades da Turquia.

"Isso, de fato, são os turcos procurando uma cobertura", disse o especialista. "É um reflexo da pressão que o governo turco está sofrendo porque estão vendo sua política na Síria se dissolver."

Embora a Turquia possa esperar manifestações públicas de apoio vindas de seus aliados na OTAN, longe dos microfones os aliados devem expressar suas preocupação com a postura mais agressiva da Turquia.

"Já há preocupação com relação a Erdogan e suas políticas em muitos países. Acredito que isto (o incidente aéreo) só reforçará os temores."



Postar um comentário

Postagens mais visitadas