Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Alto militar russo: sistemas da DAM dos EUA não poderiam aguentar ataque russo

O sistema da DAM que os norte-americanos atualmente possuem, segundo avaliações de especialistas, não pode repelir as ações da Força Estratégica de Mísseis da Rússia.


Sputnik

O sistema da defesa antimíssil (DAM) que atualmente está em serviço nos EUA não pode repelir o ataque em massa da Força Estratégica de Mísseis da Rússia (RVSN, na sigla em russo), declarou o chefe da entidade militar o coronel-general Sergei Karakaev em uma coletiva.


RS-12 Topol M

"As avaliações de especialistas mostram que o sistema da defesa antimíssil instalada por suas capacidades de informação e de fogo não pode combater a aplicação em massa de capacidades da RVSN", disse.

O alto militar russo também fez lembrar que, segundo avaliações norte-americanas, "a integração de vários meios de aplicação e caraterísticas em uma nova sistema da DAM pode organizar um sistema da defesa multi-escalão que garantiria a ‘influência a alvos espaciais e aéreos’ em quaisquer pontos da trajetória de voo".

Segundo explicou, a declaração tem a ver com o processo de atingir mísseis e blocos militares de mísseis da RVSN.

"Para fazer isso, é planejado incluir na construção de meios da DAM modernos os complexos de armas de laser e cinéticos, complexos antimíssil e complexos de intercepção implantados na água, ar e espaço", divulgou.

Mas os planos de desenvolvimento próximo da RVSN já foram corretadas tendo em conta os tempos e escala de desenvolvimento dos sistemas da defesa dos EUA, sublinhou Karakaev.

A realização dos planos de longo prazo do desenvolvimento da RVSN e Forças Nucleares Estratégicas da Rússia prevê a aplicação de meios e métodos mais modernos e inovadores visando ultrapassar os esforços dos EUA, notou.

As Forças de Mísseis Estratégicos são o componente terrestre das Forças Estratégicas Nucleares da Rússia e se mantêm em permanente prontidão de combate, cumprindo uma missão de dissuasão nuclear. 


As RVSN têm em seus arsenais mísseis intercontinentais de classe pesada (RS-20V Voevoda ou Satanás, segundo a classificação ocidental) e de classe ligeira (RS-18 Stilet e RS12M2 Topol-M), assim como o novo míssil balístico intercontinental RS-24 Yars (SS-X-29 para a OTAN), que é uma versão modernizada do Topol-M, com o alcance de 11 mil quilômetros.



Postar um comentário