Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Aviões de guerra sírios avançam para liberar Palmira

Assistida por forças russas, a Força Aérea da Síria lançou ataques aéreos nos redutos dos militantes perto de Palmira, no início de uma operação para liberar as antigas ruínas mundialmente famosas, segundo a agência de notícias Fars.


Sputnik

A edição não forneceu a informação adicional sobre o local exato da ofensiva. As forças lideradas por Damasco realizaram missões em al-Sukhneh, al-Sawaneh e Khneifis na província de Homs, matando um número não especificado de terroristas e destruindo a infraestrutura dos militantes.


Ruínas do teatro antigo em Palmira
Ruínas do teatro de Palmira © AFP 2015/ Joseph Eid

Um avião russo "rompeu as linhas de defesa do grupo terrorista Daesh em torno de Palmira na terça-feira (1) de manhã, em preparação para um ataque em grande escala visando recuperar a antiga cidade", disse a agência de notícias Fars.

A antiga cidade de Palmira, que abriga ruínas monumentais e antiguidades de valor inestimável, tem estado à beira da destruição total desde maio, quando militantes islamistas, conhecidos por destruir locais de interesse cultural, capturaram a cidade estrategicamente importante.

Embora os militantes ainda não tenham destruído completamente Palmira, já derrubaram vários monumentos antigos e é pouco provável que parem.

O Templo de Bel, o Templo de Baal-Shamin e o Arco do Triunfo estão entre os monumentos inestimáveis antigos que já se perderam. Os templos foram destruídos em agosto e o patrimônio romano foi explodido em outubro.

O Daesh também usou o local para execuções em massa.



Postar um comentário