Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Bombardeiro russo Tu-160 receberá novo sistema de controle de armas

O bombardeiro estratégico Tu-160, em sua versão M2, terá um novo sistema de controle de armas, informou nesta segunda-feira o consórcio KRET, fabricante dos sistemas.


Sputnik

Anteriormente, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, anunciou planos para renovar a fabricação do Tupolev Tu-160, que receberia o nome de Tu-160M2.


Bombardero estratégico Tu-160
Tupolev Tu-160 © Sputnik/ Alexey Druzhinin

Seria um avião com equipamentos de boro novos, mas com o mesmo aspecto visual: sua eficácia se duplicaria em comparação com o antecessor.

"O Tu-160M2 terá elementos de aviônica modular integrada, novos equipamentos para guerra eletrônica, um avançado sistema de navegação inercial e um novo sistema de controle de armas", diz o comunicado.

O desenvolvimento dos novos sistemas e equipamentos terminará no ano 2020, diz a nota do consórcio KRET.

O Tupolev Tu-160, desenvolvido nas décadas de 1970 e 1980, é um bombardeiro estratégico supersônico com asa de incidência variável, que permite a escolha de um regime ideal de voo e, com isso, economizar combustível.

O avião pesa 110 toneladas e pode carregar até 40 toneladas.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas