Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Caças russos Su-24 e Su-25 embarcam em novas missões contra Daesh na Síria

A aviação da Rússia continua realizando missões de ataque contra posições do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) na Síria. 


Sputnik

Na sexta-feira (5), o ministério da Defesa da Rússia revelou que durante a semana de 26 de novembro a 4 de dezembro a aviação russa realizou 431 voos de combate contra posições do Daesh na Síria, atingindo um total de 1.458 alvos terroristas.


Bombardeiro Su-24 decola a partir de aeródromo de Khmeimim na Síria
Sukhoi Su-24 Tchemodan © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

Segundo o general, entre alguns dos principais alvos terroristas destruídos pelos aviões russos durante a semana constam um grande depósito de armamentos e munições, 12 estações de processamento de combustível, 8 campos de petróleo e mais de 170 estações de distribuição de petróleo, além de postos de comando, campos de treinamento de depósitos de armamentos menores.

Ele revelou ainda, que após o incidente com o bombardeiros Su-24, abatido pela Turquia sobre o território da Síria, todos os voos russos no país contam com a cobertura dos caças Su-30.



Postar um comentário