Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Caças russos Su-24 e Su-25 embarcam em novas missões contra Daesh na Síria

A aviação da Rússia continua realizando missões de ataque contra posições do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) na Síria. 


Sputnik

Na sexta-feira (5), o ministério da Defesa da Rússia revelou que durante a semana de 26 de novembro a 4 de dezembro a aviação russa realizou 431 voos de combate contra posições do Daesh na Síria, atingindo um total de 1.458 alvos terroristas.


Bombardeiro Su-24 decola a partir de aeródromo de Khmeimim na Síria
Sukhoi Su-24 Tchemodan © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

Segundo o general, entre alguns dos principais alvos terroristas destruídos pelos aviões russos durante a semana constam um grande depósito de armamentos e munições, 12 estações de processamento de combustível, 8 campos de petróleo e mais de 170 estações de distribuição de petróleo, além de postos de comando, campos de treinamento de depósitos de armamentos menores.

Ele revelou ainda, que após o incidente com o bombardeiros Su-24, abatido pela Turquia sobre o território da Síria, todos os voos russos no país contam com a cobertura dos caças Su-30.



Postar um comentário