Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

EUA agradecem à Rússia por cooperação na Síria

Rússia e Estados Unidos podem fazer uma diferença significativa na Síria, afirmou nesta terça-feira o secretário de Estado americano, John Kerry.


Sputnik

O secretário falou durante um encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Moscou.


O presidente russo, Vladimir Putin, encontra John Kerry, secretário de Estado americano
John Kerry e Vladimir Putin © Sputnik/ Sergey Guneev

"Com relação à Síria, Viena-1 e Viena-2 foram um ótimo começo, criando possibilidades, e acredito que não há dúvida de que o ministro de Relações Exteriores (Sergei) Lavrov e eu concordamos que Estados Unidos e Rússia têm capacidade de fazer uma diferença significativa aqui", declarou Kerry.

O secretário também agradeceu publicamente ao Presidente Putin pela cooperação.

"Senhor presidente, muito obrigado por sua hospitalidade, por sua equipe liderada pelo chanceler Sergei Lavrov estar sempre à disposição e, sobre nossos esforços, eles são realmente conjuntos e se baseiam na cooperação, pela qual estamos muito agradecidos", declarou.

Durante a primeira rodada de conversas sobre uma solução para a crise Síria, em Viena, mediadores internacionais trabalharam na formação de um plano de nove itens para encerrar o conflito. O documento previa a definição de uma unidade nacional, a necessidade de derrotar grupos extremistas e a prestação de assistência a refugiados.

Na segunda rodada de conversas, os mediadores concordaram em manter o acordo de Genebra 2012 sobre encontrar uma solução política para o conflito na Síria e estabeleceram um prazo de seis meses para que a Síria formasse uma unidade interina de governo e marcasse eleições dentro de 18 meses.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas