Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

'EUA iniciaram uma nova corrida armamentista'

Os Estados Unidos começaram uma nova corrida às armas, e a Rússia não pode ignorar, afirmou nesta quarta-feira Igor Morozov, integrante do Comitê de Assuntos Internacionais do Conselho da Federação (Senado russo).


Sputnik

O senador comentou a notícia de que a OTAN convidou oficialmente Montenegro para se tornar o 29º país-membro e afirmou que a Aliança Atlântica dá a entender para a Rússia que continuará desenvolvendo sua estrutura militar junto a suas fronteiras.


F-22 Raptor
F-22 Raptor © US Air Force / Master Sgt. Jeremy Lock

Morozov também apontou que no último ano e meio, a OTAN realizou quase uma centena de exercícios militares — algo sem precedentes nos últimos 15 anos —, nos quais participaram 32 países, 30 mil soldados, 200 aviões e mais de mil veículos de combate.

Todo armamento levado a esses países continuou em seus territórios. Chegaram à Europa, inclusive, caças americanos de quinta geração F-22 Raptor e três bombardeiros estratégicos B-52.

Inspetores americanos começam a preparar pilotos alemães, belgas e britânicos para manejar aparatos capazes de carregar a bomba nuclear B-61-12, nova arma que será incluída nos arsenais dentro de dois anos, com a qual serão violados todos os acordos firmados nos últimos 30 anos, opinou.

"Os americanos voltaram a iniciar uma corrida armamentista que não podemos olhar com indiferença."

Mozorov afirma também que a Rússia toma medidas de resposta, inclusive "desenvolvendo arma hipersônica e outros meios capazes de destruir os sistemas que os EUA criam em seu plano de ataque global imediato."


Postar um comentário

Postagens mais visitadas