Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Foguetes Katyusha lançados do Líbano atingem o norte de Israel

Pelo menos três foguetes foram disparados a partir do Líbano contra o norte de Israel, segundo confirmou o exército israelense neste domingo (20).


Sputnik

Sirenes de alarme contra ataques aéreos soaram nas comunidades em toda a Galileia Ocidental no norte do país, às 17h42 no horário local. Não há relatos de mortos, feridos ou danos materiais.


Bandeira israelense perto de assentamentos judaicos na Cisjordânia
© AP Photo/ Bernat Armangue

Fontes libanesas disseram à AFP que "dois foguetes Katyusha foram disparados a partir de uma aldeia libanesa a cinco quilômetros da fronteira com Israel".

Tropas das Forças de Defesa de Israel estão vasculhando a região.

No sábado (19) à noite, um dos líderes do grupo libanês Hazbollah, Samir Qantar, foi morto durante uma ataque aéreo de Israel em Damasco, na Síria, de acordo com a organização e o governo sírio.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas