Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Lei Seca: oficial da Aeronáutica é preso por desacato durante blitz em Natal

Fiscalização da Lei Seca aconteceu nesta sexta-feira (11) em Ponta Negra.
Oficial estava sob efeito de álcool e xingou policial militar durante abordagem.


Do G1 RN
Um oficial da Aeronáutica foi preso por desacato na madrugada desta sexta-feira (11) durante blitz da Operação Lei Seca, feita nas imediações de uma boate em Ponta Negra, Zona Sul de Natal. Ao todo, foram 23 carteiras de habilitação recolhidas.

Quase 60 carros foram deixados no estacionamento da boate (Foto: Capitão Styvenson Valentim/G1)
Quase 60 carros foram deixados no estacionamento da boate (Foto: Capitão Styvenson Valentim/G1)

Segundo o capitão PM Styvenson Valentim, o oficial estava sob efeito de álcool. Ele percebeu que a blitz estava acontecendo e passou o carro para uma mulher dirigir. "Ela também estava sob efeito de álcool e não tinha carteira de habilitação", informou.

Durante a abordagem, um policial militar recolheu a carteira do oficial. "Ele achou que não teria a carteira recolhida e ficou estressado. Com isso, o oficial xingou e ofendeu o policial", disse o capitão. O oficial da Aeronáutica foi levado para a delegacia.

O objetivo da blitz, segundo o capitão, era impedir que as pessoas dirigissem sob efeito de álcool. "Quase 60 carros foram deixados no estacionamento da boate e na rua. Muitas pessoas chamaram táxis. Outras dormiram no carro ou foram para a praia", disse. A blitz começou às 0h e terminou às 8h30.
Lei Seca

As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.

Nesse caso, a pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.

Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa, perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.

Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo do 0,34 permitido pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.

No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

Postar um comentário