Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Marinha russa faz exercícios contra o uso de armas de destruição em massa

O Ministério da Defesa da Rússia informou nesta terça-feira (8) que um grupo de navios da Marinha russa portando mísseis realizou exercícios no Mar Cáspio contra o uso de armas de destruição em massa.


Sputnik

Os principais exercícios simularam a utilização destes armamentos por um inimigo. De acordo com os planos para o treinamento, enquanto navegava, o comandante do navio esquadrão recebeu informações sobre uma ameaça de uso de armas de destruição em massa.


Frota russa no Mar Cáspio.
Frota russa do Mar Cáspio © Foto: Ministry of Defence

O próximo passo foi coordenar as ações para impedir que os armamentos fossem utilizados contra os navios russos, segundo informou o ministério. A Marinha também realizou treinos trabalhando uma âncora e a recepção e transmissão de sinais usando bandeiras, de acordo com o Código Internacional de Sinais.



Postar um comentário