Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Moscou impenetrável: mísseis balísticos não são ameaça à cidade

O sistema de defesa de mísseis pode proteger Moscou contra qualquer tipo de míssil balístico, segundo o coronel Andrei Cheburin, comandante da divisão de defesa de mísseis do 1º Exército de Defesa Aérea das Forças de Defesa Aeroespeciais da Rússia.


Sputnik

"Neste momento, é o único sistema do mundo capaz de interceptar qualquer tipo de míssil balístico vindo de qualquer direção, inclusive mísseis projetados especificamente para superar sistemas antiaéreos", revelou Cheburin em uma entrevista com a imprensa russa nesta segunda-feira.


Radar do sistema de defesa contra mísseis de Moscou
Radar do sistema de defesa antimísseis de Moscou © Sputnik/ Ramil Sitdikov

Ele também afirmou que as Forças de Defesa Aeroespaciais da Rússia estão prestes a atualizar as instalações de defesa contra mísseis da cidade.

"O sistema de defesa contra mísseis de Moscou é uma rede automatizada complexa que inclui tanto sistemas de informação quanto de armas. As forças de defesa antimísseis sob meu comando são diretamente responsáveis pela prontidão de combate de todo o sistema", declarou.

O coronel também mencionou que os elementos de defesa antiaérea protegendo a capital russa estão ligados diretamente a sistemas de monitoramento e de alerta de mísseis balísticos.


Postar um comentário