Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

OTAN aumenta presença no Oriente Médio após Rússia implantar S-400 na Síria

As avançadas capacidades militares da Rússia na Síria e no Mediterrâneo estariam por trás do aumento da presença militar da OTAN na região.


Sputnik

O Secretário-Geral da Aliança do Norte, Jens Stoltenberg, declarou nesta terça-feira (1) que a implantação dos sistemas de defesa aérea S-400 russos na Síria resultaram no aumento da presença da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) na região.


S-400.
S-400 Triumph © Sputnik/ Valery Melnikov

“A Rússia está implantando capacidades militares avançadas, tanto na Síria, quanto na parte oriental do Mediterrâneo (…) Essa é uma das razões pelas quais aumentamos nossa presença militar na parte oriental da nossa aliança", disse Stoltenberg.

O secretário-geral também classificou os sistemas S400 como “parte de um padrão no qual se observa que a Rússia está desenvolvendo o que é chamado de interdição de áreas anti-acesso”.

A Rússia implantou sistemas de mísseis S-400 na sua base aérea na Síria após a derrubada do caça russo Su-24 por um caça turco F-16 em 24 de novembro.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas