Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

OTAN aumenta presença no Oriente Médio após Rússia implantar S-400 na Síria

As avançadas capacidades militares da Rússia na Síria e no Mediterrâneo estariam por trás do aumento da presença militar da OTAN na região.


Sputnik

O Secretário-Geral da Aliança do Norte, Jens Stoltenberg, declarou nesta terça-feira (1) que a implantação dos sistemas de defesa aérea S-400 russos na Síria resultaram no aumento da presença da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) na região.


S-400.
S-400 Triumph © Sputnik/ Valery Melnikov

“A Rússia está implantando capacidades militares avançadas, tanto na Síria, quanto na parte oriental do Mediterrâneo (…) Essa é uma das razões pelas quais aumentamos nossa presença militar na parte oriental da nossa aliança", disse Stoltenberg.

O secretário-geral também classificou os sistemas S400 como “parte de um padrão no qual se observa que a Rússia está desenvolvendo o que é chamado de interdição de áreas anti-acesso”.

A Rússia implantou sistemas de mísseis S-400 na sua base aérea na Síria após a derrubada do caça russo Su-24 por um caça turco F-16 em 24 de novembro.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas