Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Diferentes e parecidos: em que aspectos F-16 e MiG-29 se desafiam

Famoso, leve, universal e ainda relevante: há 40 anos, em 15 de agosto de 1978, a Força Aérea dos EUA adotou em serviço um caça multifuncional de quarta geração – o F-16.
Sputnik

No total, até 2018, mais de 4.500 aeronaves desse tipo foram construídas. Por sua produção em massa o "falcão de ataque", como os pilotos batizaram respeitosamente a aeronave, é um recorde mundial absoluto entre os caças leves. E por suas capacidades de voo e combate o F-16 figura ao mesmo nível dos principais concorrentes – os caças soviéticos e russos MiG-29.

Nesta matéria, a Sputnik apresenta as semelhanças e diferenças entre esses projetos, implementados quase simultaneamente.

Pequeno e armado

Na década de 1970, antes da introdução do caça pesado F-15 Eagle, a Força Aérea dos EUA percebeu que necessitava de um aparelho mais barato, simples e tecnologicamente avançado – um caça tático leve para obter superioridade aérea local. Cinco empresas norte-americanas apresentaram seus projetos. O Pentágono con…

Rússia cria seu próprio 'avião do Juízo Final’

A empresa russa Corporação Unida de Construção de Equipamentos (OPK na sigla em russo, subsidiária da exportadora russa Rostec) criou um ponto de comando aéreo de direção estratégica da segunda geração.


Sputnik

Os testes estatais do ponto de comando aéreo de direção estratégica terminaram com sucesso na Rússia. Até o fim do ano o sistema será entregada ao Ministério da Defesa russo, disse na terça-feira (1) a Corporação Unida de construção de equipamentos (OPK).


Avião russo Ilyushin Il-80
Ilyushin Il-80 © Foto: Wikipedia/Kirill Naumenko

Além da Rússia, somente os EUA possuem equipamentos semelhantes. Os norte-americanos nomearam o seu sistema parecido como 'avião do Juízo Final'. O ponto aéreo de gestão estratégica é uma ferramenta extremamente útil em condições de implantação rápida de forças, falta de infraestrutura terrestre, de comunicação e inoperabilidade de pontos de comando terrestre.

"A OPK criou para o Ministério da Defesa russo um ponto de comando aéreo de direção estratégica da segunda geração. O primeiro sistema de equipamentos a bordo do avião Ilyushin Il-80 passou por testes estatais com êxito e até o fim de 2015 será entregado ao cliente", diz-se no comunicado divulgado pela empresa.

Segundo as informações do comunicado, "tendo em conta as suas caraterísticas é um sistema único que assegura a gestão estratégica de tropas de todos os tipos".

A nova geração de pontos de comando aéreo é mais resistente, seguro e energeticamente eficiente, tem mais funções é parâmetros desenvolvidos.

"A estrutura do Il-80 permite levar a bordo altos comandantes das Forças Armadas da Rússia […] grupo operativo dos militares do Estado-Maior e especialistas do grupo técnico que assegura o funcionamento do equipamento especial do avião. As caraterísticas técnicas do sistema permitem dirigir tropas terrestres, a Marinha, a Força Aeroespacial e Força Estratégica de Mísseis", disse a corporação.

Mais antes se tornou público que a corporação russa já começou trabalhos para elaborar um ponto de comando aéreo da terceira geração.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas