Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Rússia introduz medidas de controle adicionais em portos após tensão com Turquia

A Rússia introduz medidas de controle adicionais em seus portos marítimos, incluindo os localizados no Mar Negro e no Mar de Azov. A informação foi divulgada pelo vice-primeiro-ministro russo, Igor Shuvalov.


Sputnik

Segundo ele, a medida foi adotada pela proximidade geográfica de alguns portos com a Turquia.


O pequeno aerodeslizador Yevgeny Kocheshkov (frente) durante o ensaio da parada do Dia da Marinha russa no canal marítimo de Baltiysk.
© Sputnik/ Igor Zarembo

Quanto à comunicação por ar com a Turquia, Shuvalov afirmou que está em vigor uma proibição para fretar voos charter e vender pacotes turísticos. Quanto aos vôos regulares, eles serão submetidos a controles de segurança adicionais.

"Os voos regulares estão sujeitos a controles adicionais por razões de segurança", disse ele.

Ao falar da situação da contratação de cidadãos turcos na Rússia após as medidas tomadas pelas autoridades, Shuvalov disse que aqueles que foram contratados até 31 de Dezembro não serão afetados pelas restrições.

No dia 24 de novembro o caça russo Su-24 foi abatido em território sírio por um míssil turco, ataque que provocou a atual tensão entre Moscou e Ancara.

A Turquia alega que o avião russo entrou no espaço aéreo turco, enquanto a Rússia argumenta que o caça não atravessou a fronteira.

No sábado, Putin decretou impor restrições econômicas contra a Turquia, em particular nas áreas de comércio, viagens e emprego.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas