Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

Alerta de tiroteio fecha hospital da Marinha nos EUA; buscas continuam

Ocupantes foram orientados a 'correr, se esconder ou lutar'.

Testemunha relatou tiros; Marinha não achou sinal de tiroteio em busca.


Do G1, em São Paulo

Um hospital da Marinha dos Estados Unidos em San Diego, no estado da Califórnia, informou que um homem armado entrou em um dos prédios da instituição na manhã desta terça-feira (26). Duas horas e meia depois, a Marinha afirmou que uma vistoria inicial não encontrou sinais de tiroteio nem de atirador, mas as buscas continuam sendo feitas.


Comunicado do hospital da marinha de San Diego em sua página no Facebook informa que um atirador está em ação em um dos prédios e orienta que as pessoas que estão no local "fujam, se escondam ou lutem" (Foto: CNN)
Comunicado do hospital da marinha de San Diego em sua página no Facebook informa que um atirador está em ação em um dos prédios e orienta que as pessoas que estão no local;fujam, se escondam ou lutem (Foto: CNN)

Segundo comunicado do hospital em sua página no Facebook, os ocupantes foram orientados a "fugir, se esconder ou lutar". Equipes de casos não emergenciais foram orientadas a se afastar do local.

Um porta-voz do hospital disse à CNN que três tiros foram ouvidos no porão de um dos prédios da instituição por volta das 8h locais (14h, pelo horário de Brasília). A emissora de notícias local CBS 8 informou que a polícia tinha confirmado a ocorrência de disparos do lado de fora do Edifício 26, no terceiro andar do hospital.

Por volta das 16h30 (horário de Brasília), a Marinha afirmou em um comunicado que uma inspeção inicial no local não encontrou sinais de nenhum atirador ou de tiroteio, mas que buscas mais detalhadas estão sendo feitas em todos os andares do prédio. O comunicado afirmava ainda que o atendimento do hospital continuou, apesar do isolamento.

O hospital informou em sua página no Facebook que a investigação continua e que por enquanto o acesso ao local continua fechado.


Um carro da Swat (operações especiais da polícia) foi visto entrando na área do hospital, de acordo com a emissora NBC.

A vizinha base naval de San Diego também publicou informações na internet sobre possíveis disparos.

"Se estiver em risco imediato, esconda-se e procure abrigo em local seguro", recomendou a página da base no Facebook.

San Diego, a cidade mais ao sul da costa da Califórnia, tem uma extensa infraestrutura militar e é um porto importante da Marinha americana.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas