Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Daesh tem capacidade de abater aeronaves civis

Os terroristas do Daesh (também conhecido como Estado Islâmico) poderão em breve ser capazes de produzir armas para abater aeronaves civis e militares, segundo a mídia.


Sputnik

Os cientistas e especialistas militares que trabalham em Raqqa, “capital” do Daesh na Síria, teriam encontrado uma maneira de produzir baterias térmicas artesanais para mísseis “terra-ar”.


Militantes do Estado Islâmico lançam um míssil antitanque em Hassakeh, no nordeste da Síria, 26 de junho de 2015
Terroristas do Daesh lançam míssil antitanque © AP Photo/ Militant website via AP

De acordo com o vídeo obtido pelo Sky News britânico, o Daesh pode agora usar milhares de mísseis que foram considerados imprestáveis pelos governos ocidentais devido à idade avançada.

É de notar que as ogivas guiadas pelo calor têm uma precisão de 99%.

Segundo o jornal britânico The Independent, que cita especialistas, vários grupos terroristas tiveram acesso a estas armas há muito, mas a criação da bateria térmica é uma tarefa muito difícil sem conhecimentos científicos especiais.

O vídeo também mostrou experimentos do Daesh com um carro-bomba operado remotamente e "conduzido" por um manequim.

Amplamente considerado como uma grande ameaça à segurança global, o Daesh conseguiu nos últimos três anos ocupar vastos territórios no Iraque e Síria e agora está tentando espalhar-se na Líbia e no resto do Norte de África.

De acordo com várias estimativas, o grupo terrorista agora controla um território de cerca de 90 mil quilômetros quadrados.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas