Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

PropHiper - Mais rápido do que uma bala

Pesquisadores brasileiros desenvolvem veículo aéreo que se deslocará em velocidade hipersônica
DefesaNet

Se tudo correr como planejado, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizará dentro de dois anos o ensaio em voo do primeiro motor aeronáutico hipersônico feito no país. O teste integra um projeto mais amplo cujo objetivo é dominar o ciclo de desenvolvimento de veículos hipersônicos, que voam, no mínimo, a cinco vezes a velocidade do som, ou Mach 5.
Mach é uma unidade de medida de velocidade correspondente a cerca de 1.200 quilômetros por hora (km/h). O programa é coordenado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), um dos centros de pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da FAB, em parceria com a empresa Orbital Engenharia, ambos de São José dos Campos (SP).

Além do motor hipersônico, o projeto Propulsão Hipersônica 14-X (PropHiper), iniciado em 2006, prevê a construção de um veículo aéreo não tripulado (VANT), onde o motor será instalado. Batizado de 14-X, …

EUA planeja enviar mais armas à Coreia do Sul

Deutsch Welle

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul discutiram nesta segunda-feira (11) sobre o envio de mais armamentos estratégicos à península coreana, um dia após um bombardeiro americano B-52 ter sobrevoado a Coreia do Sul. A manobra foi uma resposta ao teste nuclear realizado semana passada pela Coreia do Norte. A informação sobre o encontro foi divulgada pelo Ministério da Defesa sul-coreano.


© Fornecido por Deutsche Welle Bobmardeiro B-52 durante manobra na Coreia do Sul

Na quarta-feira passada, a Coreia do Norte afirmou ter detonado uma bomba de hidrogênio, em seu quarto teste nuclear desde 2006, irritando a comunidade internacional, inclusive a China, seu principal aliado.

O Conselho de Segurança da ONU condenou o teste nuclear e disse estar preparando novas sanções ao país já isolado.

Especialistas internacionais disseram duvidar que o teste tenha sido mesmo de uma bomba H.

Numa demonstração de força e apoio a seu aliado na região, Washington enviou no domingo um B-52 – avião de guerra capaz de portar uma bomba nuclear – para sobrevoar a Coreia do Sul a partir de uma base na ilha de Guam.

O jornal Rodong Sinmun, veículo oficial do regime da Coreia do Norte, afirmou que os Estados Unidos estão levando a situação à beira de uma guerra.

A mídia da Coreia do Sul afirma que os EUA cogitam enviar bombardeiros B-52 , caças F-22, porta-aviões e submarinos nucleares para manobras militares na região.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas