Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Daesh e Frente al-Nusra lutam perto da fronteira com o Líbano

Militantes dos grupos terroristas Daesh e da Frente al-Nusra envolveram-se em batalhas violentas na fronteira sírio-libanesa e sofrem baixas, disse à RIA Novosti uma fonte ligada ao movimento Hezbollah na segunda-feira (8).


Sputnik

“Foram reiniciados combates violentos entre o Daesh e al-Nusra no vale de ad-Deb na região montanhosa de Arsal. Há mortos e feridos de ambas as partes”, disse a fonte.


Militantes do Estado Islâmico lançam um míssil antitanque em Hassakeh, no nordeste da Síria, 26 de junho de 2015
Militantes do Estado Islâmico lançam míssil anti-tanque © AP Photo/ Militant website via AP

No fim de Janeiro, na região de Arsal os terroristas do Daesh tomaram o controle do campo militar da Frente al-Nusra e capturaram seis militantes.

Segundo a fonte, no subúrbio de Damasco, o Exército sírio e as unidades de milícia popular combatem contra grupos armados no subúrbio leste de Damasco de Marge. A luta se reiniciou também no norte da província de Aleppo, a norte da cidade de az-Zahra. Ali, o Exército repeliu um ataque dos terroristas da al-Nusra usando fogo de artilharia.

A Síria está mergulhada na guerra civil desde 2011. O governo do país luta contra um número de fações de oposição e contra grupos islamistas radicais como o Daesh (também conhecido como “Estado Islâmico”) e a Frente al-Nusra.


Postar um comentário