Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Drone de vigilância iraniano sobrevoou porta-aviões americano no Golfo Pérsico (vídeo)

LaMarca | Cavok

Uma aeronave não tripulada de vigilância pertencente ao Irã sobrevoou um porta-aviões pertencente à Marinha dos EUA (US Navy) nas águas do Golfo Pérsico. 


IMAGEM: IRINN via Associated Press

As imagens do evento foram exibidas pela emissora de TV estatal iraniana IRINN e, segundo o comandante da Marinha do Irã, foram captadas durante um exercício militar de seu país.

Os EUA admitiram que um de seus porta-aviões de propulsão nuclear, USS Harry S. Truman (CVN-75), foi sobrevoado recentemente por uma aeronave não tripulada pertencente ao Irã, sem ter confirmado entretanto se tratava-se do mesmo evento exibido pela emissora de TV iraniana.

De acordo com a agência de notícias Reuters, Nicole Schwegman, porta-voz da US Navy, teria confirmado o evento, caracterizando o mesmo como sendo “anormal e pouco profissional”, salientando, entretanto que o incidente não representou qualquer tipo de risco para a embarcação. Ainda segundo as informações esse evento teria ocorrido no último dia 12 de janeiro, que é o mesmo mesmo dia o Irã deteve brevemente 10 marinheiros norte-americanos que tinham entrado nas águas territoriais iranianas por engano.


Postar um comentário