Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Durante cessar-fogo na Síria, grupos terroristas continuam ataques

Apesar de uma tentativa de trégua e cessar-fogo estar em discussão na Síria, grupos terroristas que não fazem parte das negociações continuaram seus ataques neste sábado, principalmente contra civis.


Sputnik


Embora o cessar-fogo negociado por Rússia e Estados Unidos tenha sido respeitado no primeiro dia, uma várias explosões ocorreram em toda a Síria, provocadas por grupos terroristas que não participam das negociações. 


© Sputnik/ Mikhail Alayeddin

Em Damasco, o grupo Jaysh al-Islam, ligado à Frente Nusra e não sujeito ao cessar-fogo, bombardeou áreas residenciais. Outro grupo não sujeito ao cessar-fogo, o Ahrar al-Sham, também está ativo na região.

“Terroristas nos bairros de Jobar e Duma dispararam morteiros contra áreas residenciais de Damasco. Não houve relatos de mortos os feridos entre a população civil”, disse uma fonte militar à RIA Novosti.

Ataques do Daesh continuam

O grupo terrorista Daesh, não sujeito ao cessar-fogo, também continuou ataques na província de Hama e na cidade de Deir ez-Zor, onde ataques de morteiros mataram três crianças e deixaram outros 12 feridos.

Na província de Hama, explosões com homens-bomba do Daesh mataram seis pessoas, inclusive dois soldados vítimas de um carro-bomba em um ponto de controle militar. Outro bombardeio suicida envolvendo uma moto matou quatro pessoas, e um ataque suicida em uma estrada deixou uma pessoa ferida.

No norte da Síria, o Daesh atacou uma cidade controlada pelaa Forças Democráticas Curdo-Síria. O ataque, perto da fronteira com a Turquia, foi repelido pelas forças de defesa curdas (YPG) com a ajuda de ataques da coalizão liderada pelos Estados Unidos contra posições do Daesh.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas