Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Exército turco combate no centro da ‘capital’ curda

Confrontos intensos com o uso das metralhadoras e artilharia estão em curso no centro da cidade turca de Diyarbakir, considerada a «capital» dos curdos turcos, comunica o correspondente da RIA Novosti no sábado (6).


Sputnik

Várias ambulâncias chegaram ao local para recolher os feridos.

O centro histórico, Sur, é famoso pelos seus monumentos, construídos em 400 a.C. 


Link permanente da imagem incorporada

Mais cedo, o prefeito da cidade dissera à RIA Novosti que, dos 70 mil residentes de Sur, 50 mil tinham deixado suas casas.

Em dezembro, as autoridades turcas declararam o toque de recolher em várias regiões do sudeste do país, onde continuam confrontos armados entre as forças de Ancara e combatentes do PKK [Partido de Trabalhadores do Curdistão].

As tensões na Turquia intensificaram-se em julho de 2015, depois de 33 ativistas curdos serem mortos em um ataque suicida na cidade de Suruc e dois policiais turcos serem posteriormente assassinados pelo PKK, o que levou à campanha militar de Ancara contra o grupo.

Os curdos, a maior minoria étnica da Turquia, estão se esforçando por criar seu próprio Estado independente. O PKK foi fundado em final de 1970 para promover a autodeterminação para a comunidade curda.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas