Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Exército turco combate no centro da ‘capital’ curda

Confrontos intensos com o uso das metralhadoras e artilharia estão em curso no centro da cidade turca de Diyarbakir, considerada a «capital» dos curdos turcos, comunica o correspondente da RIA Novosti no sábado (6).


Sputnik

Várias ambulâncias chegaram ao local para recolher os feridos.

O centro histórico, Sur, é famoso pelos seus monumentos, construídos em 400 a.C. 


Link permanente da imagem incorporada

Mais cedo, o prefeito da cidade dissera à RIA Novosti que, dos 70 mil residentes de Sur, 50 mil tinham deixado suas casas.

Em dezembro, as autoridades turcas declararam o toque de recolher em várias regiões do sudeste do país, onde continuam confrontos armados entre as forças de Ancara e combatentes do PKK [Partido de Trabalhadores do Curdistão].

As tensões na Turquia intensificaram-se em julho de 2015, depois de 33 ativistas curdos serem mortos em um ataque suicida na cidade de Suruc e dois policiais turcos serem posteriormente assassinados pelo PKK, o que levou à campanha militar de Ancara contra o grupo.

Os curdos, a maior minoria étnica da Turquia, estão se esforçando por criar seu próprio Estado independente. O PKK foi fundado em final de 1970 para promover a autodeterminação para a comunidade curda.



Postar um comentário