Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Kremlin comenta afirmação de Merkel sobre ataques aéreos russos na Síria

Ainda não foram apresentadas quaisquer provas das supostas vítimas dos ataques aéreos russos na Síria, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, na terça-feira (9).


Sputnik


Na segunda-feira, Angela Merkel, afirmou que estava "horrorizada com o sofrimento causado a dezenas de milhares de pessoas" alegadamente pelos ataques aéreos da Rússia na Síria. 


Chanceler da Alemanha Angela Merkel
Angela Merkel © AP Photo/ Markus Schreiber

Enquanto isso, as forças do governo sírio conseguiram na semana passada cortar as rotas de abastecimento dos terroristas que ligavam a Turquia e o norte de Aleppo. As tropas, com o apoio das milícias locais, romperam o cerco nas cidades de Nubl e Zahraa. Agora, o exército do governo pretende ganhar o controle da fronteira sírio-turca.

"No que diz respeito às palavras da chanceler alemã sobre as alegadas vítimas humanas devido aos ataques aéreos russos na Síria, é claro que é preciso ter em conta que, apesar do grande número de declarações semelhantes, ninguém ainda apresentou uma única confirmação que mereça qualquer confiança destes fatos", disse Peskov aos jornalistas.

O Ministério da Defesa russo disse repetidamente que as alegações das vítimas civis nos ataques aéreos da Rússia na Síria são destinadas a distrair a comunidade internacional da guerra civil síria de quatro anos, que causou inúmeras mortes de civis.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas