Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Kremlin comenta afirmação de Merkel sobre ataques aéreos russos na Síria

Ainda não foram apresentadas quaisquer provas das supostas vítimas dos ataques aéreos russos na Síria, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, na terça-feira (9).


Sputnik


Na segunda-feira, Angela Merkel, afirmou que estava "horrorizada com o sofrimento causado a dezenas de milhares de pessoas" alegadamente pelos ataques aéreos da Rússia na Síria. 


Chanceler da Alemanha Angela Merkel
Angela Merkel © AP Photo/ Markus Schreiber

Enquanto isso, as forças do governo sírio conseguiram na semana passada cortar as rotas de abastecimento dos terroristas que ligavam a Turquia e o norte de Aleppo. As tropas, com o apoio das milícias locais, romperam o cerco nas cidades de Nubl e Zahraa. Agora, o exército do governo pretende ganhar o controle da fronteira sírio-turca.

"No que diz respeito às palavras da chanceler alemã sobre as alegadas vítimas humanas devido aos ataques aéreos russos na Síria, é claro que é preciso ter em conta que, apesar do grande número de declarações semelhantes, ninguém ainda apresentou uma única confirmação que mereça qualquer confiança destes fatos", disse Peskov aos jornalistas.

O Ministério da Defesa russo disse repetidamente que as alegações das vítimas civis nos ataques aéreos da Rússia na Síria são destinadas a distrair a comunidade internacional da guerra civil síria de quatro anos, que causou inúmeras mortes de civis.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas