Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Lavrov e Kerry discutiram cessar-fogo na Síria em Conferência de Munique

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguey Lavrov, e o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, durante o encontro em Munique discutiram o cessar-fogo na Síria e o fornecimento de ajuda humanitária ao país. A informação é da representante oficial da chancelaria russa, Maria Zakharova.


Sputnik


“A reunião foi quase integralmente dedicada às questões referentes à resolução do conflito sírio e aos preparativos do encontro do grupo internacional de assistência à Síria. Foram discutidas questões como o cessar-fogo e o fornecimento de ajuda humanitária”, disse Zakharova. 


John Kerry, Secretário de Estado norte-americano, e Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores russo, durante a conferência de imprensa em Kremlin, Moscou, 15 de dezembro de 2016
John Kerry e Sergei Lavrov © AFP 2016/ SERGEI KARPUKHIN / POOL

Segundo ela, “os ministros instruíram os seus especialistas a continuar o trabalho, isto é só o começo”.

As negociações multilaterais sobre a resolução do conflito sírio serão realizadas na capital na capital da Baviera, na véspera da Conferência de Segurança de Munique.


Postar um comentário