Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

Oposição síria insiste na inclusão dos curdos nas conversações de Genebra

A delegação da oposição síria insiste na inclusão da minoria Curda nas conversações internas sobre o conflito sírio, em Genebra. A informação é de um membro da oposição síria, Qadri Jamil, que conversou com a agência Spunik.


Sputnik


O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, que estabeleceu um prazo de seis meses para as negociações, que começaram em 29 de janeiro, não convidou a minoria curda para as negociações internas da Síria. 


Militares curdos
Militares curdos © AFP 2016/ Marwan Ibrahim

"Até agora eles não foram convidados, mas nossa delegação insistirá sobre a sua inclusão nas negociações. Vamos insistir que o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, os convide", disse Qadri Jamil.

Ele ressaltou que os curdos são uma "parte integrante da delegação da oposição para as negociações".

A Turquia se opôs ativamente à participação curda no diálogo, citando sua postura ligando facções curdas sírias aos separatistas curdos em seu sudeste. Entre os países que têm influência no conflito, a Rússia e os Estados Unidos se posicionam a favor de incluir os curdos sírios nas negociações.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas