Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Rússia envia caças Su-35S para a Síria

A Rússia deslocou uma esquadrilha de seus novos caças Su-35S (Flanker-E) da última geração 4++, de acordo com a agência Voyennyy Informator. 



Poder Aéreo

O envio dos Su-35S ocorreu depois da Turquia acusar a Rússia de novas violações do seu espaço aéreo. Os caças Su-35 incluem as aeronaves com as matrículas 03, 04, 05 (RF-95815) e 06 (RF-95816). Os dois primeiros foram entregues às Forças Aeroespaciais Russas em outubro de 2015 e os dois últimos em novembro. 


Su-35S en route to Sirya - 1
Sukhoi Su-35

Pilotos e engenheiros russos realizaram todos os testes necessários na nova aeronave. Diferentemente do seu antecessor, o Su-35S tem inúmeras vantagens sobre os caças de geração 4+. Ele é um dos caças mais rápidos do mundo, com velocidade de 2.400km/h, dotado de uma fuselagem mais resistente e aerodinâmica melhorada.


Postar um comentário