Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

EUA acolhem preocupações russas quanto a sanções contra Coreia do Norte

A delegação dos Estados Unidos acolheu algumas das preocupações da Rússia em torno da resolução para impor novas sanções à Coreia do Norte, afirmou o embaixador russo nas Nações Unidos, Vitaly Churkin, em conversa com jornalistas nesta terça-feira.


Sputnik


"Nós discutimos isso com a delegação dos EUA. Acho que eles acomodaram algumas das nossas preocupações", disse Churkin. "Eles acolheram todas as nossas preocupações? Não inteiramente. Mas, vocês sabem, nós estamos trabalhando pelo consenso, é claro. Você nunca consegue tudo o que quer". 


Representante permanente da Rússia na ONU, Vitaly Churkin
Vitaly Churkin © AP Photo/ Julie Jacobson

O Conselho de Segurança das Nações Unidas se reuniu nesta terça-feira para votar uma resolução de autoria dos Estados Unidos propondo uma nova rodada de sanções contra Pyongyang, por conta dos seus recentes testes nucleares. Mas, por decisão da Rússia, que invocou uma revisão processual do documento, a votação não deve ser realizada antes de amanhã de manhã.



Postar um comentário