Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

FIDAE 2016: Saab progride nos preparativos para a produção do Gripen brasileiro

Alexandre Galante | Poder Aéreo

O Jane’s noticiou que as instalações do Gripen Design Development Network (GDDN) para a produção dos caças Gripen E/F em Gavião Peixoto – SP estarão concluídas até junho e serão totalmente equipadas até novembro, segundo informações do chefe do Programa Gripen brasileiro Andrew Wilkinson, que está no FIDAE Airshow em Santiago no Chile. 


Gripen E - prototipo JAS 39-8 - montagem final - imagem Twitter Saab

Para atingir o objetivo de fabricação do Gripen E / F, a Embraer Defesa e Segurança e a AEL Sistemas enviaram seus primeiros 55 funcionários às instalações da Saab em Linköping na Suécia para a formação em outubro de 2015, com mais 30 chegando no início de abril.

Com destacamentos na Suécia com duração de 6, 12 ou 24 meses, dependendo da especialização do engenheiro, este processo de transferência deve durar “vários anos”, observou Wilkinson, com o primeiro grupo voltando para casa no quarto trimestre deste ano (a parte de transferência de tecnologia do contrato do F-X2 está prevista para 10 anos, dos quais cerca de quatro serão gastos localmente na formação de técnicos e engenheiros).

Ao todo, cerca de 350 especialistas brasileiros em fuselagem, sistemas de produção, de pessoal e de ensaios em voo vão passar por Linköping, antes de voltar para o Brasil. Ao mesmo tempo, a Saab vai retribuir com um esquema de transferência para ajudar a apoiar a fabricação brasileira nos estágios iniciais.

Apesar do roll-out oficial do protótipo do Gripen E para a Força Aérea da Suécia estar agendado para 18 de maio, Wilkinson disse que nenhuma data do brasileiro foi decidida, embora as entregas de série de 28 caças Gripen E e oito bipostos do modelo F para a Força Aérea Brasileira estejam planejadas, conforme contrato, para ocorrer entre 2019 e 2024.

COLABOROU: Maria do Carmo Lacoste



Comentários

Postagens mais visitadas