Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Forças Armadas gregas estão em alerta máximo

Durante três dias, a Força Aérea turca sobrevoou as ilhas gregas no Mar Egeu. Uma fonte do Ministério da Defesa grego disse que as Forças Armadas gregas começaram na quinta-feira um treinamento de estado de alerta máximo.


Sputnik


Segundo a ordem do Ministro da Defesa Nacional da Grécia, Pános Kamménos, as Forças Armadas gregas começaram na madrugada de quinta-feira um treinamento de verificação de prontidão para o combate por causa das provocações turcas, informou uma fonte no Ministério grego.


Caça turco
F-16 turco © AFP 2016/ YIANNIS KOURTOGLOU

Durante três dias, a Força Aérea turca sobrevoou as ilhas gregas na parte nordeste do Mar Egeu. Embora a Força Aérea turca invada constantemente o espaço aéreo grego, desta vez as violações foram principalmente sobre o mar. Atenas considera os voos sobre as ilhas como uma provocação extremamente perigosa.

"Fizemos grandes manobras a fim de estarmos preparados. Historicamente, sempre que a Turquia tinha problemas internos, tentava os exportar. Devemos estar preparados para isso", disse o interlocutor.

Ele informou também que as manobras estão sendo realizadas e no norte da Grécia, perto da cidade de Kilkis, junto à fronteira com a Macedônia, por causa das ações das autoridades de Escópia (a capital macedônia). Ao mesmo tempo, o treinamento não está ligado, de maneira nenhuma, com a situação dos refugiados – "O Exército não interfere em assuntos internos, isso é um trabalho da Polícia", apontou a fonte.

"Nós sempre tomamos medidas caso haja alguma ameaça, devemos sempre estar em prontidão. Pois as autoridades da República da Macedônia não modificaram a sua Constituição, precisamos estar alerta", disse a fonte.

Atenas acredita que a Macedônia pode pretender os territórios do norte da Grécia – a Macedônia, uma região grega vizinha que recusa mudar o seu nome.

À pergunta sobre a duração dos treinamentos, o interlocutor respondeu: "Tanto tempo quanto for preciso. Os treinamentos serão realizados em todo o território da Grécia, incluindo nos pontos mais importantes".

A fonte também disse que o ministro Kamménos está no ministério desde a madrugada.

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras realizará na sexta-feira (15), uma reunião governamental do Conselho de Defesa e Política Externa por causa das provocações da Turquia, informou uma fonte do governo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas