Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

KC-390 estará em Farnborough (vídeo)

A aeronave cargueira multimissão KC-390 cruzará o Atlântico e participará do Farnborough International Airshow.


Nelson Düring | DefesaNet


Uma notícia que é uma verdadeira surpresa foi anunciada com exclusividade a DefesaNet pelo CEO da EMBRAER Defesa & Segurança Jackson Schneider na FIDAE 2016.


Embraer KC-390

O cargueiro multimissão KC-390 atualmente em desenvolvimento que alcançou a marca de mais de 150 horas voadas, estará em exibição estática, no tradicional Farnborough International Airshow, que será realizado na Inglaterra, no período de 11 a 17 de Julho 2016.

Esta é uma bem calculada jogada de marketing da EMBRAER. Mesmo com a restrição orçamentária que afetou o cronograma de desenvolvimento atrasando-o em 18 meses, para a certificação final da aeronave.

Em meados do ano passado a EMBRAER Defesa & Segurança tomou a decisão corajosa de continuar com o programa de desenvolvimento e a construção dos demais protótipos, mais um para ensaios em voo e dois para ensaios estáticos, com recursos próprios.

Mesmo que após a Força Aérea Brasileira tenha conseguido amortizar parcelas em atraso, um outro efeito aconteceu. Os valores corrigidos pela valorização do dólar levara a dívida ficar estacionada no mesmo valor ou seja R$ 1, 4 Bilhão .

O risco de cruzar o Atlântico é minimizado pela confiabilidade e maturidade que os complexos sistemas de voo do KC-390 estão alcançando e demonstrando nas mais de 150 horas voadas desde as instalações da EMBRAER Defesa & Segurança, em Gavião Peixoto, SP.

São cerca hoje 28 aeronaves contratadas para a FAB e mais 32 para os países participantes do consórcio de desenvolvimento (Argentina, Chile, Portugal, Rep. Tcheca).

A direção através do CEO Jackson Schneider e o Diretor do Programa Cargueiro Multimissão KC-390.mostram-se confiantes e tranquilos com a evolução e que as metas do cronograma serão atingidas.
 

 
Postar um comentário