Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Marinha dos EUA detém navio iraniano que transportava armas

Os EUA alegadamente interceptaram e apreenderam uma carga de armas transportada em navio iraniano no Mar Arábico, disse o Departamento da Marinha norte-americano na segunda-feira (4).


Sputnik


A carga incluía 1,5 mil fuzis AK-47, 200 lançadores de granadas antitanque e metralhadoras de calibre 21.50 mm, disse o Departamento da Marinha norte-americana. 


Navio iraniano Kharq entra no canal de Suez, fevereiro de 2012 (foto de arquivo)
Navio iraniano Karq © AFP 2016/

“As forças internacionais navais que operam em águas do Mar Arábico apreenderam em 28 de março uma série de armas ilegais que, segundo as avaliações dos EUA, eram de origem iraniana e possivelmente estão relacionadas com os rebeldes houthis no Iêmen (...);. O navio da Guarda Costeira da Marinha norte-americana USS Sirocco, que integra o Comando Central das Forças Marítimas dos EUA, interceptou e apreendeu a carga de armas escondidas a bordo de um pequeno navio que não pertence a nenhum país”, diz-se na declaração.

Segundo a declaração, esta é a terceira interceptação do navio, que transporta armas ilegais na região desde fevereiro. Os dois navios precedentes que transportaram armas e outros equipamentos haviam sido interceptados em 27 de fevereiro e 20 de março.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas