Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Navios do Comando do 3º Distrito Naval realizam ADESTREX I

Poder Naval

Em nota e fotos divulgadas na terça-feira, 5 de abril, a Marinha do Brasil informou sobre a Operação ADESTREX I, realizado por navios do Comando do 3º Distrito Naval. 


Adestrex I - NPa Macau P71 - exercício de reboque - foto MB
Adestrex I – NPa Macau P71 – exercício de reboque – foto MB

Segundo a nota, o litoral de Natal ficou movimentado em 30 de março, ocasião em que o Rebocador de Alto-Mar “Triunfo” e os Navios Patrulha “Macau”, “Goiana”, “Grajaú” e “Graúna”, subordinados ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, realizaram a ADESTREX I, com o objetivo de propiciar oportunidade de adestramento em conjunto.

Os navios suspenderam em postos de combate e, pela passagem pelo porto de Natal, ocorreu um exercício de ameaças assimétricas, com a participação da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte. Também foram realizadas navegação em baixa visibilidade, em canal varrido e astronômica, além de reboques, light line, manobras táticas e outros exercícios inopinados.

Ainda segundo a nota, a ADESTREX I foi acompanhada pelo Comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, Capitão de Fragata Sérgio Tadeu Leão Rosário.



Postar um comentário