Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Royal Navy incorpora o terceiro submarino da classe ‘Astute’, HMS Artful

O terceiro submarino de ataque classe “Astute” da Royal Navy, HMS Artful, foi oficialmente incorporado ao serviço ativo.

 
Poder Naval

Depois da sua entrega à Marinha Real, o submarino passou por testes para avaliar a funcionalidade de seus sistemas e equipamentos no mar antes do seu desdobramento em operação no próximo ano. 


HMS-Artful-S121-3

O Chefe do Estado Maior e First Sea Lord Almirante Sir George Zambellas disse: “A cerimônia de hoje aumenta drasticamente a capacidade operacional do serviço submarino com o comissionamento do nosso terceiro submarino classe Astute, e é mais um marco no caminho para tornar o HM Naval Base Clyde no Centro de Especialização de Submarinos em 2020.”

O HMS Artful conduziu recentemente um exercício que envolveu o disparo de seis torpedos pesados Spearfish no Centro Subaquático de Avaliação e Testes britânico perto da ilha de Skye, utilizando o Common Combat System da BAE Systems (CCS).

O CCS constitui o sistema central do submarino e controla os sistemas vitais do navio.

Os submarinos da classe “Astute” operados pela Royal Navy são equipados com sensores e armamentos que lhes permitam participar em operações de ataque.

O HMS Artful segue os dois submarinos anteriores construídos pela BAE Systems, HMS Astute e HMS Ambush.

Os submarinos já foram aceitos pelo Comando da Marinha, e estão atualmente destacados no Mediterrâneo, envolvidos em operações de combate ao contrabando e de segurança, e fornecem capacidade de ataque terrestre com mísseis Tomahawk (TLAM) em apoio às operações anti-terrorismo na região.

Os próximos dois submarinos, Audacious and Anson, estão atualmente sendo construídos em Barrow e serão seguidos pelo Agamemnon e outro ainda não nomeado.




Postar um comentário