Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Rússia entrega armas antiaéreas aos curdos peshmerga no Iraque

A Rússia forneceu aos combatentes curdos iraquianos – também conhecidos como peshmerga – cinco armas antiaéreas e 20.000 projéteis para reforçar a luta contra o terrorismo na região.


Sputnik

"Um lote de armas chegou anteontem, no dia 14 de março, e destina-se às milícias do Curdistão iraquiano, a Peshmerga", informou à Sputnik Artiom Grigoryan, adido do consulado russo em Erbil. 




"As armas foram transferidas na presença do embaixador [da Rússia no Iraque], do cônsul-geral e também do vice-chefe do Estado Maior dos peshmerga", acrescentou o diplomata.

Ao todo, os russos entregaram cinco canhões automáticos antiaéreos Zu-23-2 que estão a serviço do Exército russo desde a década de 1960, e 20.000 projéteis que os acompanham, segundo disse a fonte.

Grigoryan também informou que os fornecimentos de armas para as milícias do Curdistão iraquiano foram autorizados pelo governo de Bagdá. Por sua vez, o embaixador russo no Iraque, Ilya Morgunov, disse na cerimônia de entrega que tem esperanças de que o armamento russo ajude na luta contra o Daesh, autodenominado Estado Islâmico.

As forças curdas iraquianas combatem o grupo terrorista internacional em duas frentes principais, a partir do norte e do nordeste dos territórios capturados, enquanto o Exército iraquiano atua ao sul e a leste dos jihadistas. 



Postar um comentário