Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Rússia entrega armas antiaéreas aos curdos peshmerga no Iraque

A Rússia forneceu aos combatentes curdos iraquianos – também conhecidos como peshmerga – cinco armas antiaéreas e 20.000 projéteis para reforçar a luta contra o terrorismo na região.


Sputnik

"Um lote de armas chegou anteontem, no dia 14 de março, e destina-se às milícias do Curdistão iraquiano, a Peshmerga", informou à Sputnik Artiom Grigoryan, adido do consulado russo em Erbil. 




"As armas foram transferidas na presença do embaixador [da Rússia no Iraque], do cônsul-geral e também do vice-chefe do Estado Maior dos peshmerga", acrescentou o diplomata.

Ao todo, os russos entregaram cinco canhões automáticos antiaéreos Zu-23-2 que estão a serviço do Exército russo desde a década de 1960, e 20.000 projéteis que os acompanham, segundo disse a fonte.

Grigoryan também informou que os fornecimentos de armas para as milícias do Curdistão iraquiano foram autorizados pelo governo de Bagdá. Por sua vez, o embaixador russo no Iraque, Ilya Morgunov, disse na cerimônia de entrega que tem esperanças de que o armamento russo ajude na luta contra o Daesh, autodenominado Estado Islâmico.

As forças curdas iraquianas combatem o grupo terrorista internacional em duas frentes principais, a partir do norte e do nordeste dos territórios capturados, enquanto o Exército iraquiano atua ao sul e a leste dos jihadistas. 



Postar um comentário

Postagens mais visitadas