Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Atentados em Bagdá deixam 10 mortos e mais de 30 feridos

Dois veículos-bombas explodiram em bairros de maioria xiita de Bagdá.
Um deles explodiu perto do mercado Shalal, deixando 8 mortos e 22 feridos.


EFE


Pelo menos dez pessoas morreram nesta segunda-feira (30) e 33 ficaram feridas em dois ataques com veículos carregados com explosivos em bairros de maioria xiita de Bagdá, informou à Agência Efe uma fonte da polícia local. 


Dois carros-bombas explodiram em bairros de maioria xiita de Bagdá (Foto: Khalid al Mousily/Reuters)
Dois veículos-bombas explodiram em bairros de maioria xiita de Bagdá (Foto: Khalid al Mousily/Reuters)

Pelo menos oito pessoas morreram e outras 22 ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba estacionado perto do mercado Shalal, situado no bairro de população xiita de Al Shaab, no nordeste da cidade.

A explosão causou grande destruição em várias lojas desse mercado popular.

Por outro lado, duas pessoas morreram e 11 sofreram ferimentos após a detonação de um moto carregada com explosivos perto de uma loja no grande distrito de maioria xiita de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá.

A mesma fonte de segurança informou também que um terrorista suicida que conduzia um carro-bomba atacou o complexo governamental da cidade sunita de Al Tarmiya, a cerca de 40 quilômetros ao norte da capital, sem causar vítimas.

Os atentados desta segunda-feira coincidem com a operação militar que as forças iraquianas iniciaram para libertar o centro da cidade de Faluja (oeste) do controle dos jihadistas.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas