Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Tropas da OTAN na Europa são ‘novo passo’ para agravar segurança regional

O plano da OTAN de desdobrar quatro batalhões na Europa Oriental é um novo passo à deterioração do nível da segurança na Europa e à deterioração da segurança regional, declarou o enviado russo para a OTAN, Aleksandr Grushko, na terça-feira.


Sputnik


No mês passado, The Wall Street Journal escreveu que a Alemanha, o Reino Unido e os EUA estavam preparando o desdobramento de 4.000 soldados nos países Bálticos, a fim de neutralizar a alegada ameaça da Rússia. 


Soldados da OTAN na  cerimônia de abertura dos exercícios militares na Lituânia em 8 de junho, 2015
Soldados da OTAN na Lituânia © AP Photo/ Mindaugas Kulbis

“É um novo passo com vista à deterioração do nível da segurança na Europa e à deterioração da segurança regional”, disse Grushko em uma videoconferência Moscou-Bruxelas respondendo ao pedido de comentar o desdobramento potencial dos batalhões da OTAN.

A aliança tem aumentado a sua presença militar na Europa desde 2014, usando a alegada interferência da Rússia no conflito ucraniano como pretexto.

A Rússia avisou repetidamente a OTAN que tais ações provocativas podem danificar a estabilidade regional e global.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas