Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

EUA enviam à fronteira russa aviões que bombardearam Iugoslávia

Vários sites britânicos de aviação acabam de informar que dois bombardeiros da Força Aérea americana B-52 que participarão de treinamentos da OTAN na região báltica tinham estado envolvidos na operação contra a Iugoslávia em 1999.


Sputnik

De acordo com a mídia, os aviões, com números de bordo 60-0037 e 60-0044, foram enviados, na altura dos acontecimentos tristes de 1999, à base aérea de Fervord no Reino Unido. Dali, eles realizaram voos contra alvos na Sérvia e Montenegro.


Bombardeiro estratégico americano B-52 Stratofortress
Boeing B-52 Stratofortress © flickr.com/ manhhai

Lembramos que, durante os cerca de três meses de bombardeios, de acordo com vários dados, morreram até 4.000 pessoas, entre eles cerca de 90 crianças.
Cabe mencionar também que nesta quinta-feira (2) os EUA enviaram à Europa dois bombardeiros estratégicos subsônicos B-52 de longo raio de ação para participar dos exercícios da Aliança Atlântica Baltops 2016 e Saber Strike 2016.

Ambos os exercícios serão realizados nos Bálcãs.

Inicialmente deveriam ser enviados três aviões à Europa, mas um B-52 não conseguiu atingir a Estônia por razão de uma avaria e foi obrigado a retornar à base nos EUA.



Postar um comentário