Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Troca de militares na Venezuela preocupa Brasil

Andreza Matais e Marcelo de Moraes | Estadão

A substituição dos comandos militares na Venezuela fez acender uma luz amarela no governo brasileiro. Há dois cenários preocupantes: uma eventual crise interna entre os militares no país vizinho ou uma guerra civil branda. 


Tanque do Exército venezuelano durante desfile em comemoração aos 200 anos da independência do país em 2011. Foto: ARIANA CUBILLOS/AP


O governo pensa em buscar o apoio de regimes bolivarianos como Bolívia e Equador para acionar a Unasul e negociar uma solução para a crise. Avalia que, apesar de aliados de Nicolás Maduro, pode haver uma ação conjunta porque não interessa a Bolívia e Equador uma crise militar na Venezuela.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas