Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Com mais navios e aeronaves, prosseguem as buscas ao piloto da Marinha

Poder Naval

Prosseguem as buscas ao piloto do caça AF-1B Skyhawk (A-4KU modernizado pela Embraer) que se acidentou ontem após o choque em voo com outro avião do mesmo tipo durante exercícios de ataque à superfície com a fragata Liberal. 


macae-gustavo-casto-29-06-13.2
Navio-patrulha Macaé – Foto: Gustavo Castro

Hoje estão participando das buscas as fragatas União, Constituição. Rademaker, Liberal e Greenhalgh, os navios-patrulha Apa e Macaé e o aviso oceanográfico Vital de Oliveira.

Pelo site Marinetraffic é possível acompanhar os navios que estão participando da operação de busca e salvamento.

Helicópteros da Marinha, do Exército e um C-130 Hercules também estão dando cobertura à operação.



Postar um comentário