Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Argentina concorda em construir bases norte-americanas em seu território

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, aprovou a construção no país de várias bases militares dos EUA, informou no sábado (21) o portal mexicano Aristegui Noticias com referência a fontes informadas.
Sputnik

De acordo com o portal, trata-se de ao mínimo três bases militares a serem construídas nas províncias de Neuquén (onde fica a jazida de gás de xisto Vaca Muerta), Misiones e Tierra del Fuego, de onde se pode controlar a Antártida.

A sua criação deve ser financiada pelo Comando Sul dos EUA. Um dos principais adeptos da criação de bases seria a ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich.

Além disso, nota o portal mexicano, a ministra elogiou a chegada ao país de instrutores americanos que efetuam a preparação dos policiais argentinos antes da cúpula do G20 em novembro. Isso viola as atuais leis argentinas, porque é necessário obter a autorização do Congresso para tais ações, algo que não foi feito.

Marinha cassa condecorações de Dirceu, Genoino, João Paulo, Jefferson e Valdemar

Por terem sido condenados no mensalão, perderam Ordem do Mérito Naval


Evandro Éboli | O Globo

BRASÍLIA - O Comando da Marinha cassou a condecoração Ordem do Mérito Naval de cinco ex-deputados condenados no mensalão. Eles perderam a condecoração justamente pela condenação. Três são petistas: José Dirceu, José Genoino e João Paulo Cunha, além de Roberto Jefferson e Valdemar Costa Neto. 


Roberto Jefferson, José Genoíno e José Dirceu - Montagem sobre fotos de Givaldo Barbosa, André Teixeira e Jorge William

A decisão do "procedimento de exclusão automática" dos agraciados foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira e assinada pelo Comandante da Marinha, Edaurdo Bacellar Leal Ferreira. A decisão da Marinha atende a um ofício da Procuradoria-Geral da República, de maio deste ano. A publicação no D.O. tornou pública a exclusão retroativa da ordem, no Grau de Grande Oficial desses agraciados.

Os cinco tiveram suas condecorações cassadas com base num artigo de um decreto de 2000, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que exclui automaticamente do quadro da Ordem do Mérito Naval os que perderam direitos políticos ou que foram condenados em qualquer foro.

Genoino, Jefferson e Valdemar já haviam perdido a condecoração Medalha do Pacificador, a mais alta condecoração do Exército, três anos atrás.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas