Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Ministério do Exterior ucraniano disse quanta ajuda Kiev vai receber da OTAN

O ministro das Relações Exteriores ucraniano Pavel Klimkin afirmou que Kiev vai receber "tanta ajuda quanta puder eficazmente usar".



Sputnik

“A Ucrânia recebe um pacote global de ajuda da OTAN. São 13 principais e 40 direções adicionais de ajuda prática. É um documento em aberto que será desenvolvido e completado. A OTAN e seus membros vão dar tanto quanto a Ucrânia puder eficazmente usar”, escreveu no Twitter o chefe da chancelaria ucraniana no sábado (9).


Secretário de Defesa norte-americano Carter, secretário da Defesa britanico Fallon, Presidente da Ucrânia Poroshenko e Secretário Geral da OTAN Stoltenberg assistem a uma sessão de trabalho na Cúpula da OTAN em Varsóvia. 9 de julho, 2016
Secretário de defesa dos EUA, Carter, secretário de defesa britânico Fallon, presidente da Ucrânia Poroshenko e secretário da OTAN, Stoltenberg © REUTERS/ Kacper Pempel

Durante a cúpula da OTAN em Varsóvia o secretário-geral da aliança, Jens Stoltenberg, afirmou que o pacote de ajuda para a Ucrânia foi aprovado.

“A OTAN presta ajuda através de consultas e apoio material para tornar os instrumentos de defesa e segurança ucranianos mais eficazes e responsáveis. Esse é o objetivo do pacote global de ajuda que aprovámos hoje”, disse Stoltenberg aos jornalistas.


Postar um comentário