Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

OTAN decide treinar soldados iraquianos em seu próprio país

Os países da OTAN decidiram treinar os soldados das forças armadas do Iraque em seu próprio país, declarou neste sábado o secretário-geral da Aliança, Jens Stoltenberg.


Sputnik


“A longo prazo, o treinamento das forças armadas locais é muito mais eficaz do que um destacamento de um grande contingente de nossas próprias forças”, disse Stoltenberg à imprensa. 


Veículos militares do Iraque nos arredores de Fallujah
Tropas iraquianas © REUTERS/ Stringer

O secretário-geral ressaltou que a Aliança dará a seus parceiros do Iraque mais ajuda para que “possam manter a segurança no país e lutar contra o extremismo.”

“Faremos isso no Iraque, prepararemos soldados iraquianos também na Jordânia, enquanto em Badgá um grupo de instrutores em breve começará a prestar consultoria estratégica e garantir a reforma do setor de segurança e defesa”, completou.

Stoltenberg disse ainda que a Albânia propôs que um grupo de instrutores de seu país trabalhasse no programa de treinamento.


Postar um comentário